O meu sentido de timing.

2 de abril de 2013

Ter um bom timing é esperar até à última que tenha uma boleia, chegar à conclusão que se já são 16:00 e se eu vou às 17:30 para Lisboa, já ninguém me vai dar boleia, então vou comprar bilhete, não vá esgotar.
Chegar na altura em que estavam a sair autocarros e que começou a chover a potes! Mudar de lugar 3 vezes porque estava sempre a estorvar alguém e esperar que saia toda a gente e pare a chuva para poder ir comprar o bilhete. Comprar bilhete e ir para casa. Chegar a casa e ter uma boleia no chat do facebook para as 18:00 e reparar que foi escrita precisamente quando saí de casa (whaaat?), voltar à bilheteira com esperança que me troquem o bilhete que acabei de comprar há 10 minutos! desta vez não chovia, não havia ninguém a sair mas havia uma fila descomunal.. Trocar bilhete e voltar a casa para fazer a mala que já se faz tarde...

ufaaa!

Claro que escusado será dizer, e não me chamasse eu Inês Freitas, que tinha a mala toda por fazer porque supostamente ainda tinha tempo para a fazer. É que não aprendo mesmo..


3 comentários:

  1. Calma, vais ver que foi só um dia menos bom (;
    Melhores dias virão!

    ResponderEliminar