Dia Analógico.

29 de janeiro de 2011

Deu para comprar o rolo, deu para tirar as fotografias e deu para revelar (:














Dank.

28 de janeiro de 2011

Raras são as pessoas que me conhecem e não sabem da existência deste meu blog. Também raras são as pessoas que não me perguntam quando me vêm com a máquina na mão "vais por no blog?" é curioso como uma pequena aventura se tornou algo tão eu, importante, essencial (digamos).

Desde que vim para Lisboa, parece que o blog faz ainda mais sentido. É uma forma também de comunicar com quem não vejo diariamente (e antes via) e ao mesmo de partilhar com quem me quiser ler o que acho importante partilhar. Parece parvo, mas eu já sinto aquela necessidade de realmente partilhar "ao mundo" o que penso, ou o que vou fazer, ou aquilo engraçado que vi e mais pessoas deviam ver, enfim!

Não quero de todo por de lado os meus amigos (muito pelo contrário) mas gostava de deixar um obrigado especial a quem me lê e nunca esteve comigo. É giro ver que há pessoas que de alguma forma se identificaram e tornaram rotina cá vir assim como eu faço com muitos outros.

Por curiosidade gosto de espreitar por que palavra chegam até mim ou porque link´s. Sempre vi pelo Analitics mas recentemente o blogger criou as estatíscas (que é mais in loco) que por obra e graça do espírito santo deixou de funcionar na minha conta, MAS hoje voltou à vida e como fiquei tão contente com esse facto, achei que isto merecia um post.

Obrigada por cá passarem (e agora vai parecer cliché, mas não é nada disso) mas se visse que isto não tinha retorno, o blog já tinha parado há muito tempo. 


Continuem a mandar-me e-mails a tirar dúvidas de isto ou aquilo, ou simplesmente a dizer que gostam de cá vir que eu fico toda babada, sugiram-me coisas!

e sejam felizes!

Inelo abriu uma janela!

25 de janeiro de 2011

Eu e o Gonçalo enquanto colectivo Inelo, demos mais um passo!
Passámos a ser colaboradores do projecto cultural "Janela Urbana".

<< O projecto hoje em dia conhecido como “Janela Urbana” nasceu há cerca de sete anos atrás. Inicialmente chamado Xfera, iniciou-se com a ideia de ser uma esfera cultural/tecnológica. em 2005, com a Xfera então extinta, surge a Janela Urbana, passando a ser somente um projecto cultural.
A Janela Urbana, identificando-se como um “Órgão Digital de Comunicação” que objectiva aprofundar a moda, o design e música de uma forma coerente e singular. Procuramos destacarmo-nos pela diferença de conteúdos assim como pela reciclagem de temas actuais. >>

É com muito prazer que temos a missão de ir actualizando o espaço com novidades ligadas ao Design.
Sempre que quiserem actualizarem-se sobre este meio, já sabem onde ir ;)


Frustração.

24 de janeiro de 2011



Não compreendo as 2.230.104 pessoas que votaram no Aníbal. 
A sério que não.

Dia de ir às urnas.

23 de janeiro de 2011

Grande parte das conversas dos últimos dias resumem-se a hoje. A conversa anda sempre à volta do ir ou não ir votar. Eu cá sou apologista de votar (aliás, vim cá cima com esse propósito), se em tempos tivemos direito ao voto não foi só porque sim. Se estamos revoltados e queremos que as coisas mudem, não é só a criticar mas a agir. Criticar é importante mas não chega. Não fiquem em casa. Vão votar! Não deixem os outros escolherem por vocês. O voto de cada um é muito importante.




Continuação de bom fim-de-semana : )

Nem sei que nome dar a isto.

20 de janeiro de 2011

Não gosto de criticar gratuitamente. 
Mas não consegui ficar indiferente a este acontecimento.


Lyonce viiktórya ?!?




Momento de humor aqui.

Feedly.

17 de janeiro de 2011



Já uso há bastante tempo mas só agora é que me lembrei de fazer as devidas apresentações.
Mas afinal o que é o Feedly? Perguntam vocês
Trata-se de uma extensão para o Firefox que é muito útil para quem, assim como eu, segue vários blogues ou até sites. Conseguimos ter tudo organizado de uma maneira muito clean de forma a não perdermos pitada do sítios que mais gostamos de passar.

Para quem estiver interessado, podem vir a este link e instalar. É muito simples e rápido. Automaticamente vai associar os blog´s que já têm no google reader da conta de e-mail associada, mas sempre que tiverem um novo espaço é só adicionar e está feito.

Assim mais nenhum blog/site de vosso interesse cairá em esquecimento, como também não terão que lá ir em vão.

Para mim é um mimo!

Mudança de signos?

16 de janeiro de 2011

Em relação a esse assunto, confesso que nunca liguei aos signos. Até acho piada (e a mesmo tempo "inútil") quando me perguntam o signo ou tentam adivinhar a partir da minha data de nascimento. Mas a verdade é que depois de saber desta notícia e de constatar que o meu signo deixaria de ser "Touro" e passaria a ser "Carneiro" não achei piadinha nenhuma.

Conclusão, diga-se o que disser e perdoe-me quem é Carneiro mas Touro é que não vou deixar de ser de certezinha : )

Salvador está numa relação a solo.

11 de janeiro de 2011

Amanhã vamos ao cinema São Jorge ver o Salvador Martinha.
Gostamos de o ver no Canal Q, por isso não podíamos deixar passar esta oportunidade de o ver ao vivo numa sessão de Stand-up comedy, até porque tem como objectivo angariar fundos para pagar a sua viagem ao Rio de Janeiro. Nada como ajudar.

Mas ele já lá vai estar hoje! Aqui ficam as datas:
Hoje (11), amanhã (12), 18, 19 e 25 de Janeiro. Às 22:00 horas.
Cada bilhete: 10 euros.


11-1-11

Onze do um do onze.

Bolo de castanha.

10 de janeiro de 2011

Este Domingo foi mesmo daqueles típicos. Sair da cama bem tarde, ver filmes, fazer tricôt`s, conversar, etc e tal.
Geralmente quando o tempo está assim (chuva e vento) lá fora e cá por casa está tudo calminho e quentinho, tenho sempre aquela vontade de fazer um bolo. Como ainda tínhamos aqui castanhas que trouxe lá de cima, a escolha de sabor não foi difícil.

Brevemente iremos por a receita aqui.






Skin.

8 de janeiro de 2011








A Harmónica e ele.

6 de janeiro de 2011

O meu mais-que-tudo lembrou-se agora de se dedicar à Harmónica. Começou com uma fraquinha mas rapidamente se enfiou numa loja de música para comprar uma como deve ser. Oh yé Blues Boy!
Pois bem! Se um dia estivermos mesmo muito mal financeiramente, acho que isto pode ajudar :D Só não prometo cantar porque iria estragar a melodia, mas tiro o chapéu ;)

video

Oupas!

Já conhecem os Oupas?

Os Oupas são um atelier de Design Gráfico e Ilustração. Têm a ambição de criar projectos originais aplicados ao conceito da sustentabilidade evitando desperdícios materiais, financeiros e temporais. São super criativos e para completar o bolo, são meus amigos : )

Há uns dias estiveram por cá (Lisboa) a fazer um mega projecto para a Ivity, uma cidade toda ela feita de cartão.Como o tempo era escasso e o trabalho ainda era extenso, recrutaram uns quantos amigos (entre eles eu e o Gonçalo) para ajudar.
Eles já sabem mas fica aqui mais uma vez publicamente que é sempre um prazer colaborar neste tipo de projectos e foi um prazer ter sido com eles (só foi pena não ter tido mais tempo livre para poder ajudar mais) mas nada é impossível para eles e ficou tudo feitinho a tempo, e que bem que ficou : ).
Foi bom matar saudades! A ver se vêm cá mais vezes..

Deixo-vos com algumas imagens do resultado final e um desenho (feito por eles) de todos os que ajudaram os Oupas neste projecto. Estamos mesmo fofinhos não estamos? : )

Sigam-nos no Facebook!
>>Blog d`Eles
>>Site d`Eles







Computer Arts Portuguesa.

4 de janeiro de 2011

A computer Arts chegou finalmente a Portugal. Já vai na número 2 e tenciono não perder nenhuma.
Para quem é da área do design, fotografia, ilustração (e por aí) é uma revista bastante interessante. Já existia em Inglês mas esta para além de ser escrito na nossa língua, fala dos nossos "artistas" o que torna a coisa ainda mais aliciante.

O evento de lançamento da revista já foi e aqui deixo um cheirinho do que deduzo que se passou por lá (pois não estive presente).
Deixo também uma curiosidade que me surpreendeu, a revista tem uma página dedicada a comentários dos leitores e não é meu espanto que me deparo com um comentário meu que deixei no facebook d`eles? :P

A revista é mensal e custa 7,5 euros.


Entre 2010 e 2011.

2 de janeiro de 2011

Os meus últimos dias de dois mil e dez e os primeiros de dois mil e onze, foram simpaticamente passados assim.